Nicotina reduz sintomas de Depressão em não-fumadores

Investigação anunciada na Psychopharmacology

17 setembro 2006
  |  Partilhar:

 

A nicotina pode melhorar os sintomas de Depressão em pessoas que não fumam, afirmam cientistas do Duke University Medical Center, North Carolina, EUA. A descoberta não significa que as pessoas com Depressão devam fumar ou mesmo usar um adesivo de nicotina, alertam os investigadores no website da revista Psychopharmacology, destacando que os riscos do vício superam, em muito, os possíveis benefícios.
 

 

No estudo, os investigadores recrutaram 11 não-fumadores com sintomas de Depressão. Os participantes receberam adesivos de nicotina ou adesivos inertes, distribuídos ao acaso. Um questionário-padrão foi usado para avaliar os sintomas de Depressão.
 

A equipa descobriu que os participantes com os adesivos de nicotina experimentaram um declínio significativo nos níveis de Depressão.
 

 

No entanto, o estudo publicado sugere que pode ser possível encontrar um modo de manipular os efeitos da nicotina para extrair, de modo seguro, os benefícios médicos. "A esperança é que a nossa pesquisa sobre a nicotina venha a estimular o desenvolvimento de novos tratamentos", afirmou Joseph McClernon, professor de Psiquiatria em Duke, explicando que os resultados do estudo “trazem provas que sustentam a ideia de que as pessoas fumam, em parte, para melhorar o humor".
 

 

Segundo o cientista, estudos recentes já tinham demonstrado que as pessoas com tendência para a Depressão têm duas vezes mais probabilidades de serem fumadoras e contam com menor probabilidade de conseguir deixar o vício.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.