Nicotina poderá ajudar doentes com Alzheimer e Parkinson
03 julho 2001
  |  Partilhar:

A nicotina poderá ser benéfica aos doentes de Alzheimer e Parkinson e para aliviar a insónia e a dor, segundo um estudo da Universidade de Stanford, que revela novas qualidades desta substância.
 

 

Os investigadores da universidade californiana descobriram que a nicotina pode induzir o crescimento de novos vasos sanguíneos, incrementar o crescimento de tumores e estimular a formação das placas que entopem as artérias.
 

 

A partir das qualidades identificadas na substância, os investigadores assinalam que a nicotina poderá ser igualmente útil para o tratamento de doenças que deterioram o fluxo sanguíneo ou quando a formação de novas artérias é conveniente.
 

 

As descobertas, publicadas na edição de Julho da revista científica Nature Medicine, indicam que a nicotina poderá ser benéfica não só para os doentes de Alzheimer e Parkinson, mas também em tratamentos para evitar a dor e combater a insónia.
 

 

"Esta substância é como o fogo. Pode ser muito perigosa, mas pode ser também benéfica se soubermos controlá-la", disse John P. Cooke, um dos investigadores.
 

 

As novas descobertas demonstram o contrário de outras investigações realizadas anteriormente, que indicavam que a nicotina prevenia a formação de novas artérias sanguíneas, um processo conhecido por angiogénese.
 

 

Outra novidade refere-se aos emplastros ou pastilhas de nicotina habitualmente utilizados quando se quer deixar de fumar. A sua utilização prolongada poderá causar cancro e doenças de coração, revela o estudo.
 

 

A descoberta indica igualmente que, caso os utilizadores de emplastros ou pastilhas de nicotina tenham já cancro, estes poderão contribuir para que a doença se acelere.
 

 

Para efectuar o estudo, os investigadores observaram e compararam os efeitos da nicotina em diferentes grupos de ratos.
 

 

A universidade de Stanford já patenteou o uso da nicotina para promover a formação de novas artérias sanguíneas.
 

 

 

Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.