Nicotina do cigarro potencia metáteses no Cancro da Mama

Estudo publicado na revista “Cancer Research”

10 novembro 2008
  |  Partilhar:

Através de uma série de testes laboratoriais, cientistas israelitas descobriram que a nicotina pode potenciar o desenvolvimento e metástase dos tumores da mama, revela um estudo publicado na revista especializada “Cancer Research”.
 

 

As análises indicaram que as células epiteliais mamárias normais MCF10A e as células cancerígenas MCF7 expressam diversas sub-unidades de um receptor de nicotina. E, quando entram em contacto com a nicotina, essas células iniciam um processo que os investigadores acreditam estar envolvido no crescimento e na metástase dos tumores.
 

 

Segundo os cientistas, os testes mostraram que a nicotina não é um carcinogénio convencional, mas combina-se com outros factores ainda indeterminados para promover o crescimento de tumores. “Testes “in vitro” e “in vivo” mostraram que nenhuma metástase ocorreu somente com a administração de nicotina”, disse o líder do estudo, o cientista Chang Yan Chen, destacando que “só se pode sugerir que a nicotina potencia o processo”.
 

 

Agora, os investigadores esperam realizar mais estudos para investigar os efeitos da exposição à nicotina no início e no crescimento do cancro da mama.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.