Nasce em França bebé fruto de um embrião doado

Legislação já o permitia há 10 anos

21 junho 2004
  |  Partilhar:

Um bebé proveniente de um embrião «doado» nasceu esta semana em França, o que aconteceu pela primeira vez desde que a legislação o permitiu, há dez anos, noticia sexta-feira a imprensa.«Do ponto de vista técnico, não é nenhuma proeza, mas constitui um verdadeiro avanço social», disse ao jornal "Le Figaro" o director do Instituto Francês de Investigação e Estudos Aplicados à Reprodução (IFRARES), Jacques Montagut.A sua equipa preparou e orientou a gravidez da mãe de Clara, assim se chama o bebé, que é saudável e media ao nascer 50 centímetros e pesava 3,460 quilogramas. Resultou de um embrião doado procedente de uma fecundação in vitro realizada por outro casal que, finalmente, decidiu não o utilizar.Os pais de Clara, ambos estéreis, recorreram à chamada «recepção de embrião», incluída na legislação francesa sobre bioética de 1994, que prevê a doação de embriões conservados sem utilização por «ruptura do projecto parental», tanto por causas médicas, como pessoais.Apesar dessa possibilidade de ajuda aos casais estéreis datar de há dez anos, só em 1999 foi assinado o respectivo decreto de aplicação e só em 2000 foram criadas as primeiras equipas preparadas para este tipo de intervenções.Depois de receber a autorização do Tribunal de Grande Instância de Lot-et-Garonne e com o acordo dos pais biológicos, o casal iniciou em Setembro passado um processo a que já aderiram outros futuros pais, segundo Montagut, que é membro do Comité Consultivo Nacional de Ética.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.