Não há provas de que o lítio atrase esclerose lateral amiotrófica

Estudo publicado na revista “Lancet Neurology”

08 abril 2010
  |  Partilhar:

O lítio não deve ser usado para tratar a esclerose lateral amiotrófica, adverte um estudo publicado na revista “Lancet Neurology”.

 

A esclerose lateral amiotrófica (ELA), também designada por doença de Lou Gehrig e doença de Charcot, é uma doença neurodegenerativa progressiva e fatal, caracterizada pela degeneração das células do sistema nervoso central.

 

Um pequeno estudo recentemente publicado aventou a hipótese de o lítio, tradicionalmente usado no tratamento do distúrbio bipolar, ser eficaz no tratamento de doentes com ELA.

 

Até ao momento não existe cura para a doença e o único medicamento aprovado para o tratamento é o riluzole, que mostrou eficácia no aumento (em mais três meses) da esperança de vida dos pacientes.

 

Neste novo estudo publicado na “Lancet Neurology”, investigadores norte-americanos e canadianos assinalaram, ao acaso, 84 pacientes para que recebessem riluzole e um placebo ou riluzole e lítio. O ensaio clínico foi suspenso pouco tempo depois de ter sido iniciado, dado ter-se verificado que a administração do lítio surtiu pouco ou nenhum efeito.

 

“Embora o estudo não tenha excluído, por completo, um ligeiro benefício do lítio, não foram encontradas provas de que o lítio, em combinação com riluzole, tenha atrasado a progressão de ELA, tanto quanto a administração do riluzole sozinho", escreveram, em comunicado enviado à imprensa, os líderes da investigação, Swati Aggarwal e Lorne Zinman.

 

Segundo o mesmo comunicado, os cientistas reiteram o facto de “por enquanto, não existirem dados convincentes de que o uso do lítio seja aconselhado no tratamento de doentes com ELA”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.