Nanotubos no combate ao tumor cerebral

NASA colabora em investigação

18 janeiro 2008
  |  Partilhar:

 

O Laboratório de Propulsão a Jacto da NASA anunciou ter-se unido à Cidade da Esperança, um centro de investigação e tratamento do cancro, para explorar o uso de nanotubos no diagnóstico e tratamento de tumores cerebrais.
 

 

Segundo informou este laboratório, a nanotecnologia poderia revolucionar a medicina desempenhando um papel determinante na terapia selectiva do cancro.
 

 

Estes nanotubos (cerca de 50 mil vezes mais finos do que um cabelo humano mas podendo ter vários centímetros de comprimento ) são fabricados para a Cidade da Esperança pelo Nano and Micro Systems Group no laboratório da NASA, que há mais de sete anos investiga potenciais utilizações desta tecnologia.
 

 

Segundo Behnam Badie, director de Neurocirugia da Cidade da Esperança, se esta descoberta puder aplicar-se aos tumores cerebrais poderá também vir a ser usada no tratamento de AVC, traumas, transtornos neurodegenerativos e outros processos patológicos do cérebro.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.