Nanopartículas e seu uso em oncologia

Estudo publicado na revista Proceedings

22 junho 2006
  |  Partilhar:

 

A forma mais eficaz de tratar células cancerosas é usar nanopartículas que não danificam as células sãs, revela um estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences.
 

 

Nas experiências, investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets e do Hospital Brigham de Boston, liderados pelo professor Omid Farokhzad, formaram nanopartículas esponjosas impregnadas com o composto terapêutico docetaxel para tratamento de cancro em células criadas em laboratório e na próstata de ratinhos.
 

 

Estas partículas dissolvem-se nos fluidos internos da célula, onde libertam o composto anti-cancro de forma rápida ou demorada, conforme as necessidades, e estão equipadas com moléculas de "pontaria", que lhes permitem reconhecer as células infectadas.
 

 

Com as nanopartículas, afirmou Farokhzad, os tumores nos roedores diminuíram substancialmente, e todos os roedores sobreviveram ao estudo, enquanto os animais de controlo, que não receberam tratamento, morreram.
 

Os investigadores aconselharam à realização de testes em humanos, embora não haja ainda garantias de que este sistema seja perfeitamente seguro e sem riscos para a saúde.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.