Na pista da pneumonia atípica

Equipa da OMS já está na China para investigar origem da doença

03 abril 2003
  |  Partilhar:

Especialistas em epidemiologia da Organização Mundial de Saúde (OMS) chegaram na quinta-feira à província chinesa de Guangdong para investigar a origem do surto de Síndroma Respiratório Agudo Severo (SRAS) que já fez 78 mortos em 20 países.
 

 

A equipa de quatro elementos, chefiada pelo especialista Robert Breiman, só ontem foi autorizada a seguir para a província do sul da China onde a doença teve origem, depois de mais de uma semana de espera em Pequim, o que gerou críticas internacionais à maneira como o governo chinês estava a enfrentar a ameaça à saúde pública mundial.
 

 

Um membro da equipa disse aos jornalistas à chegada ao aeroporto de Cantão, a capital da província chinesa, que o primeiro passo será reunir com as autoridades sanitárias para delinear um plano de acção antes de ser iniciado amanhã o trabalho de campo.
 

 

Segundo a OMS, o vírus que provoca o SRAS poderá ter origem em animais domésticos, passando, depois de uma mutação, a infectar seres humanos em situações de coexistência muito próxima, como as que existem em zonas rurais do sul da China.
 

 

Depois de uma primeira aparição no sul da China em Novembro de 2002 e de um surto inicial em Fevereiro, que matou 31 pessoas na província de Guangdong, o SRAS manifestou-se em 12 de Março em Hong Kong, onde já fez 16 mortos e infectou mais de 700 pessoas, de onde alastrou internacionalmente através de pessoas que viajaram de avião.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.