Mutações genéticas influenciam idade da menopausa

Estudo realizado na Erasmus University

28 maio 2009
  |  Partilhar:

As mutações genéticas influenciam a idade em que as mulheres atingem a menopausa, revela um estudo apresentado em Viena na reunião anual da European Society of Human Genetics.

 

Investigadores da Erasmus University, em Roterdão, Holanda, analisaram os dados de 9 estudos que envolveram a participação de 10.339 mulheres na menopausa e verificaram que havia 20 mutações nos códigos genéticos das voluntárias que foram associadas à menopausa precoce.

 

Os cientistas descobriram que estas variações, conhecidas como Single nucleotide polymosphisms (SNPs), estão localizadas em diferentes locais nos cromossomas 19 e 20. Apesar de o seu efeito ainda não estar perfeitamente esclarecido, os investigadores suspeitam que estas mutações poderão influenciar os ovários e o cérebro.

 

De acordo com declarações de uma das investigadoras, Lisette Stolk, à BBC Health News, estas 20 mutações “foram relacionadas com o início da menopausa ligeiramente precoce, e as mulheres que tinham uma das mutações iniciavam a menopausa um ano antes das outras, aproximadamente.”

 

“Nos países ocidentais, onde as mulheres tendem a ter filhos tarde e perto da menopausa, a idade de início da menopausa poderá ser um factor importante a considerar”, acrescentou a investigadora.

 

A investigadora espera que estes resultados ajudem a compreender melhor a função das mutações genéticas envolvidas na menopausa precoce e acredita que esta descoberta poderá ajudar nos tratamentos para a infertilidade.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.