Mutações do vírus dificultam preparação de vacina contra a pneumonia atípica

«Devemos estar conscientes de que não nos livraremos tão facilmente do SRA» - Van Langerberg

20 abril 2003
  |  Partilhar:

Uma vacina contra a pneumonia atípica será muito difícil de descobrir porque o vírus está em frequente mutação, advertiu hoje o médico Arthur Van Langerberg, um dos especialistas da doença em Hong Kong.
 

 

"A grande adaptabilidade dos vírus constitui a principal razão que tornará difícil descobrir uma vacina eficaz contra esta doença", disse o investigador em entrevista publicada hoje pelo diário italiano La Repubblica.
 

 

O professor Van Langerberg, especialista em vírus, exerce no hospital Canossa de Hong Kong, uma das cidades chinesas mais afectadas pela síndrome respiratória aguda (SRA), também conhecida por pneumonia atípica.
 

 

"Se encontrarmos nos próximos seis meses uma vacina, não será provavelmente de qualquer eficácia contra o vírus actual, que entretanto se terá adaptado, com mutação para nova forma que tornará necessário procurar nova vacina, num processo sempre repetitivo", afirmou o especialista.
 

 

"Devemos estar conscientes de que não nos livraremos tão facilmente do SRA", advertiu Van Langerberg.
 

 

O vírus do SRA é da família dos "coronavírus", o mesmo da gripe, especificou o investigador.
 

 

"O risco de encontrar o SRA em Itália ou em qualquer outro país da Europa durante o próximo Inverno é uma probabilidade real.
 

 

Será preciso estarmos muito vigilantes na Europa", advertiu o clínico especialista do hospital de Hong Kong.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.