Músicos conservam a memória e o ouvido à medida que envelhecem

Estudo publicado na revista "PLoS One"

02 junho 2011
  |  Partilhar:

Os músicos conservam a memória e a acuidade auditiva à medida que envelhecem, aponta um estudo da Universidade Northwestern, em Illinois, EUA, que comparou adultos entre os 45 e os 65 anos que tinham, ou não, experiência musical. O estudo foi publicado na edição online da revista "PLoS One".

 

"A formação musical de toda a vida parece oferecer vantagens em pelo menos duas funções importantes que são conhecidos por diminuirem com a idade, a memória e a capacidade de distinguir a fala no meio de ruído", disse, em comunicado, Nina Kraus, autora do estudo e directora do Laboratório de Neurociência Auditiva da Faculdade de Comunicação da universidade.

 

A investigação descobriu que os 18 músicos no estudo alcançaram resultados muito melhores em testes de memória auditiva e habilidade para distinguir fala em ambientes ruidosos, em comparação com os 19 não-músicos. "A dificuldade em entender a fala no meio do ruído está entre as queixas mais frequentes dos idosos, embora a perda de audição associada ao envelhecimento corresponde apenas parcialmente a este impedimento que pode conduzir ao isolamento social e à depressão", observou a especialista, acrescentando que "é bem sabido que adultos que têm virtualmente o mesmo perfil de audição podem mostrar diferenças dramáticas na sua capacidade de distinguir a fala no meio do ruído."

 

Segundo a investigadora, a formação musical ajusta o sistema nervoso: "o som é o pão de cada dia do músico, da mesma maneira como para o artista são os atributos visuais que lhe permitem representar o seu objecto".

 

"Se o material com que trabalha é o som, então é razoável supor que todas as faculdades relacionadas com percebê-lo, retê-lo na memória e relacionar-se fisicamente com ele deverão ser mais acentuadas", disse, acrescentando, peremptória que "a experiência musical potencia elementos que combatem os problemas de comunicação relacionados com o envelhecimento."

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.