Música nos hospitais ajuda a aliviar a dor

Portugal prepara-se para receber a visita de músicos nas suas unidades de saúde

24 setembro 2003
  |  Partilhar:

A música pode aliviar a dor e o medo nas crianças hospitalizadas e diminuir a agressividade dos pais perante os médicos, defenderam esta quarta-feira especialistas num encontro internacional sobre o papel da música na humanização dos hospitais.
 

 

«A música pode tornar o ambiente hospitalar menos aterrador. Ao concentrar-se no momento musical, a criança esquece a dor da picada de uma agulha», sustentou à Agência Lusa Paolo Busoni, chefe do Serviço de Anestesia e Controlo da Dor no Hospital Pediátrico Anna Meyer, em Florença, Itália.
 

 

Segundo este médico, a música, ao acalmar as crianças, acaba por também melhorar as relações entre os pais e os profissionais de saúde. Paolo Busoni falava à Agência Lusa, à margem da Jornada Pública e Encontro Científico «Música no Hospital», uma organização da Associação Europeia para a Música no Hospital, que reuniu, no Instituto Piaget de Almada, profissionais da saúde e da educação de Portugal, Angola, Brasil, França, Itália e Grécia.
 

 

No Hospital Pediátrico Anna Meyer, onde o projecto tem sido um sucesso segundo os médicos, são dadas semanalmente 51 sessões musicais às crianças e seus familiares.
 

Pretendendo seguir o exemplo de países europeus como a
 

 

França e a Itália, onde a experiência da música como meio de humanização dos hospitais está em vigor, Portugal prepara-se para receber a visita de músicos nas suas unidades de saúde.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.