Música e os problemas auditivos

Profissionais da clássica devem proteger o ouvido dos sons agudos

26 setembro 2001
  |  Partilhar:

Passar várias horas por dia rodeado por sons agudos pode originar problemas auditivos. É o que se passa com os músicos profissionais, em especial os que integram as grandes orquestras sinfónicas .
 

 

Num estudo mundial, denominado «Um som do ouvido», os especialistas concluíram que 86 por cento dos músicos tem interferência devido a barulhos altos enquanto 79 por cento sentiram dor com a performance de Tchaikovsky de 1812.
 

 

Mais de 40 por cento dos músicos analisados apresentam zumbido no ouvido e aqueles que tocam instrumentos de sopro são quem mais sofrem com estes problemas.
 

 

Libby MacNamara da Associação Britânica de Orquestras, que desenvolveu o estudo sobre os problemas auditivos em músicos clássicos, alertou, durante a apresentação dos resultados, que todos os músicos devem usar protectores do ouvido. «Os riscos de desenvolver problemas auditivos causados pelos sons agudos não podem ser ignorados», reforçou a especialista.
 

 

Mas este não é um problema que atinge só os músicos da clássica. As estrelas de rock, que fazem concertos em estádios, têm sofrido, há bastante tempo, com os poderosos decibeis emanados pelas grandes caixas de som. Com este estudo, fica-se a saber que o mundo da música clássica também pode pagar o mesmo preço. «Temos que encontrar formas de minimizar o problema. A longo prazo, devemos desenvolver um protector para o ouvido que seja útil e apropriado», apontou Libby.
 

 

A pesquisa concluiu que os praticantes de instrumentos de sopro da maioria das orquestras sinfónicas deveriam usar protectores em dias alternados, ou seja, na metade dos dias de trabalho.
 

 

A especialista espera que os protectores mais avançados possam ser cientificamente desenvolvidos, para que os sons de alta frequência, que muitos profissionais precisam ouvir, não sejam desprezados.
 

 

Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.