Música diminui dor dos bebés prematuros

Estudo publicado nos “Archives of Disease in Childhood”

31 maio 2009
  |  Partilhar:

A música reduz a dor e incentiva a alimentação de bebés prematuros, revela um estudo publicado nos “Archives of Disease in Childhood”.

 

Investigadores da University of Alberta verificaram que a música tem efeitos benéficos em determinados parâmetros fisiológicos, estados comportamentais e na redução da dor durante alguns procedimentos médicos a que os bebés prematuros são submetidos.

 

Investigadores liderados por Manoj Kumar analisaram dados de nove ensaios: seis deles avaliavam o efeito da música nos bebés que eram submetidos a procedimentos dolorosos, como a circuncisão e o teste do pezinho para obter amostras de sangue, um ensaio avaliava o efeito na taxa de alimentação dos bebés e os dois outros verificavam o efeito na estabilidade fisiológica e comportamental dos mesmos.

 

O ritmo cardíaco, a frequência respiratória, a saturação de oxigénio e a dor foram medidos para avaliar o benefício da música.

 

O estudo revelou que, nos ensaios que envolveram a circuncisão, a música teve efeitos benéficos no ritmo cardíaco, na saturação de oxigénio e na dor. Os ensaios que envolveram o teste do pezinho também mostraram que a música conduzia à diminuição da dor. Foi ainda observado que a música melhorava a taxa de alimentação dos bebés.

 

De acordo com declarações de Manoj Kumar ao sítio HealthDay, "embora ainda seja necessária mais investigação nesta área, o estudo mostra que existem métodos simples e de baixo custo que podem ajudar a saúde dos bebés prematuros”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.