Mundo precisa de mais 4 milhões de médicos

Alerta da OMS

04 junho 2006
  |  Partilhar:

 

A escassez de profissionais da saúde no mundo inteiro é estimada em 4 milhões de pessoas, segundo um relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS).
 

 

A OMS alerta para a situação dos países pobres da Ásia e África onde são urgentemente necessários mais de dois milhões de médicos e enfermeiros para lidar com doenças como tuberculose, malária e Sida. Trinta e seis dos 57 países com falta de profissionais da saúde estão na África Subsaariana, afectada pela forte epidemia de Sida.
 

 

O relatório destaca ainda graves disparidades no acesso à assistência médica, onde a África está em situação mais crítica, com 11% da população mundial, 24% das doenças conhecidas e apenas 3% dos profissionais da saúde do mundo.
 

 

Também os países ricos precisam de mais médicos e enfermeiros, pagando melhores salários, e, por tal, atraindo os profissionais dos países em desenvolvimento. O relatório pede a adopção de uma política de recrutamento mais ética para os profissionais de saúde que desejam imigrar e investimento internacional para ajudar os países pobres a formarem mais pessoal qualificado.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.