Mulheres sentem emoções mais intensamente

Estudo do Laboratório de Expressão Facial da Emoção

28 novembro 2006
  |  Partilhar:

As mulheres sentem as emoções com maior intensidade do que os homens, revela um estudo científico inédito realizado em Portugal, denominado “Construção psicológica das emoções: o efeito do movimento dos músculos da face”.
 

 

O estudo empírico com portugueses foi realizado pelo Laboratório de Expressão Facial da Emoção e pretendeu perceber de que forma os músculos faciais podem exibir as emoções básicas.
 

 

No estudo participaram 338 portugueses (169 mulheres e 169 homens), de idades compreendidas entre os 18 e os 70 anos. As emoções escolhidas foram: medo, desprezo, tristeza, fúria, felicidade e surpresa.
 

 

O procedimento consistiu em solicitar aos participantes que usassem os 46 músculos faciais para exibir as emoções, explicou o director do Laboratório de Expressão Facial da Emoção, Freitas Magalhães.
 

 

As conclusões do estudo referem que as mulheres sentem as emoções com maior intensidade do que os homens. As emoções foram sentidas mais intensamente também entre os participantes com idades entre os 40 e os 60 anos, factor que está relacionado com a aprendizagem e com o facto de as pessoas mais idosas terem uma maior predisposição para as emoções, segundo Freitas Magalhães.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.