Mulheres reagem com emoções mais fortes às notícias negativas

Estudo publicado no “PLoS One”

15 outubro 2012
  |  Partilhar:

As mulheres demonstram emoções mais fortes a notícias negativas lembrando-se melhor destas e apresentam também uma maior resposta ao stress do que os homens, refere um estudo publicado no “PLoS One”.
 

Estudos anteriores demonstraram que tanto os homens como as mulheres apresentam um aumento da intensidade da dor crónica perante notícias negativas, nomeadamente um ataque terrorista.
 

Neste estudo os investigadores da University of Montreal, Canadá, dividiram os participantes em dois grupos: um visualizou notícias neutras, enquanto o outro foi confrontado com más notícias.
 

Enquanto estavam a ser expostos às manchetes, os participantes foram submetidos a testes de avaliação do stress. Os investigadores mediram igualmente os níveis do cortisol, a hormona do stress, na saliva dos participantes de forma a averiguar os níveis de stress.
 

O estudo, liderado por Sonia Lupien, apurou que a exposição a notícias negativas não afetou o stress dos participantes. Contudo, as mulheres expostas a este tipo de notícias apresentavam níveis mais elevados de cortisol, comparativamente com os homens e as mulheres que constituíram o grupo de controlo.
 

Os investigadores verificaram que, em comparação com os homens, um dia após a exposição às notícias negativas, as mulheres lembravam-se melhor dos eventos e reviviam mais emotivamente as notícias do dia anterior.
 

Os investigadores concluíram que o modo como as pessoas reagem às notícias negativas pode ser influenciado pelas diferenças no género que estão na base dos processos de memória e stress.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.