Mulheres perdem paladar para doces durante a menopausa

Açúcar a mais pode levar a problemas de saúde

28 abril 2003
  |  Partilhar:

«O que é doce nunca amargou», diz o ditado popular, mas para as certas mulheres que já passaram pela menopausa, o ditado pode não fazer nenhum sentido. O se calhar, faz cada vez mais sentido...
 

 

Tudo porque, dizem os cientistas turcos, algumas mulheres que entraram na menopausa apresentaram o paladar insensível ao gosto de coisas doces.
 

 

Num estudo apresentado recentemente, os cientistas revelaram que as alterações hormonais durante a menopausa parecem reduzir a capacidade do paladar em apreciar o açúcar, levando algumas mulheres a mudarem os seus hábitos alimentares. Por isso, com a perda de sensibilidade do paladar, elas passam a comer alimentos cada vez mais doces.
 

 

O investigador Cagri Delilbasi, agora na Universidade de Osaka, Japão, e a sua equipa realizou testes em 20 mulheres que passaram pela menopausa na Universidade de Ancara, Turquia, e comparou os resultados com os de homens de idades semelhantes.
 

 

No artigo publicado no British Dental Journal, a equipa refere que as mulheres apresentaram menor sensibilidade no paladar para a sacarose. No entanto, não foram registadas diferenças entre os grupos em relação aos gostos salgado, amargo ou azedo, assim como não houve diferenças para as sensações de gosto na língua.
 

 

Posteriormente, os investigadores também questionaram as mulheres se se tinham apercebido de uma mudança na percepção de gosto depois da menopausa. Apenas 35 por cento disseram ter notado uma diferença, mas 45 por cento afirmaram ter alterado as suas dietas. «A queda na sensibilidade à sacarose é compatível com a alteração de dieta relatada pelas pacientes», escreveram os cientistas.
 

 

Porém, é difícil explicar a causa da alteração, dizem os investigadores. Segundo explicam, é necessário mais investigações sobre o assunto. «A questão crucial a qual se deve estar atento é que as possíveis alterações devido à menopausa podem levar a problemas de saúde mais sérios, embora tais alterações possam não ser incómodas ao paciente».
 

 

Isto porque, adiantam os investigadores, as mulheres que não sentem o gosto doce podem acabar por adoçar demais a comida, elevando os riscos de doenças como obesidade, problemas cardíacos e diabetes.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.