Mulheres morrem menos na estrada

Dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária

06 maio 2011
  |  Partilhar:

As mulheres, enquanto condutoras, foram responsáveis por um em cada quatro acidentes de viação e despistes ocorridos o ano passado e representam apenas 8% das mortes enquanto condutoras, apontam dados da Autoridade de Segurança Rodoviária, que reforçam um maior cuidado feminino na estrada.

 

Segundo dados da ANSR, no ano passado as mulheres condutoras foram intervenientes em 27,1% dos acidentes de viação e representaram 32,2% das vítimas resultantes desses acidentes.

 

Numa nota divulgada pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) e citada pela agência Lusa é referido que a esmagadora maioria dos condutores que no ano passado tiveram acidentes de viação e morreram era do sexo masculino (92% versus 8% de mulheres).

 

Em declarações à Lusa, Paulo Marques, da ANSR, refere que “estes dados revelam claramente que as mulheres têm menos acidentes enquanto condutoras, cumprem mais as regras do trânsito e, por isso, são melhores condutoras".

 

De acordo com os dados da ANSR, as mulheres representam 40% do total de condutores no país. Apesar da menor propensão das mulheres em serem intervenientes ou vítimas de acidentes de viação, a ANSR aproveita para relembrar os cuidados a observar no transporte de crianças através do uso de sistemas de retenção próprios e da adopção de uma condução defensiva.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.