Mulheres lembram-se melhor das emoções

Cérebro funciona de forma diferente nos dois sexos

22 julho 2002
  |  Partilhar:

Por que é as mulheres se lembram melhor de uma discussão, da imagem de feridos num acidente na estrada ou de corpos estropiados na guerra? Até agora, havia poucas provas que permitissem perceber por que isso acontece, diz um estudo publicado hoje na revista norte-americana "Proceedings of the National Academy of Sciences". Neste estudo, porém, avança-se uma explicação para a forma diferente como homens e mulheres recordam acontecimentos emotivos e traumáticos: as mulheres activam mais áreas relacionadas com a memória e as emoções do que os homens.
 

 

A equipa de Turhan Canli, da Universidade Estadual de Nova Iorque, em Stony Brook, submeteu 12 homens e 12 mulheres a um teste. Primeiro, mostrou-lhes imagens neutras do ponto de vista emocional (por exemplo, bocas-de-incêndio) e imagens altamente negativas (como corpos mutilados).
 

 

Durante o visionamento das imagens, a actividade do cérebro dos homens e das mulheres foi registada, através da técnica de ressonância magnética nuclear funcional, que permite ver este órgão em funcionamento. Três semanas depois, foi-lhes feito um teste surpresa à memória.
 

 

Tal como em estudos anteriores, nomeadamente psicológicos, as mulheres apresentaram uma melhor memória emocional do que os homens. "Além de as imagens altamente emocionais terem sido melhor recordadas por todos em geral, as mulheres lembraram-se melhor delas do que os homens", conclui o artigo.
 

 

A base neurológica para isso sempre havia permanecido desconhecida. Existiam duas explicações em confronto. Uma diz que as mulheres vivem os acontecimentos emocionais de maneira mais intensa que os homens, e por isso lembram-se melhor deles. A segunda explicação, a que os cientistas chamam hipótese do estilo cognitivo, defende que os homens e as mulheres usam um conjunto diferente de estratégias para fixar, relatar ou pensar sobre as suas experiências afectivas.
 

 

Por isso, o objectivo dos cientistas era ver qual das explicações seria a mais correcta e, assim, descobrirem se há diferenças biológicas entre os sexos na forma como guardam as memórias emocionais. Segundo os resultados deste estudo, é a explicação do estilo cognitivo. Os investigadores observaram que homens e mulheres usam ligações diferentes entre as regiões cerebrais.
 

 

Leia tudo no Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.