Mulheres decidem com médicos melhor método contraceptivo

Inquérito do Núcleo de Estudos de Contracepção

18 fevereiro 2009
  |  Partilhar:

Uma investigação do Núcleo de Estudos de Contracepção (NEST), que envolveu 267 ginecologistas, revelou que grande maioria dos inquiridos decide em conjunto com a utente o método contraceptivo mais adequado, sendo a eficácia e a segurança os factores que mais influenciam a sua escolha.
 

 

Os ginecologistas inquiridos exercem em hospitais públicos e clínicas privadas e têm uma média de 15 anos de profissão.
 

 

O estudo, divulgado pela agência Lusa, teve por objectivo avaliar atitudes e práticas destes especialistas em relação à selecção, aconselhamento e adesão aos métodos de Contracepção Hormonal Combinada.
 

 

Segundo o programa de avaliação de Conhecimentos – Atitudes - Práticas (CAP), 90% dos médicos inquiridos reconhecem a importância do aconselhamento e trabalham em conjunto com a utente na tomada de decisão sobre o método contraceptivo mais acertado para ela.
 

 

O estudo revela, também, que a eficácia e a segurança são os factores que mais influenciam a escolha final do método de contracepção, embora, na opinião dos ginecologistas, a mulher tenha também em consideração a tolerabilidade e a comodidade.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.