Mulheres com Cancro da Mama inquiridas sobre a doença

Estudo do laboratório Roche

08 junho 2008
  |  Partilhar:

Nove em cada dez mulheres portuguesas com Cancro da Mama desconhecem que este carcinoma tem vários tipos e a maioria não tem conhecimento dos tratamentos mais recentes, de acordo com um estudo promovido pelo laboratório farmacêutico Roche e apresentado pela Associação Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama (APMCM).
 

 

O inquérito, da responsabilidade de Victor Cavaco, envolveu 200 mulheres com Cancro da Mama, com idades compreendias entre os 30 e os 65 anos.
 

 

O estudo apurou ainda que a esmagadora maioria destas doentes (89%) desconhece qual o Cancro da Mama mais agressivo: o que apresenta sobre-expressão do gene HER2.
 

 

A maioria das inquiridas revelou ainda não conhecer os tratamentos mais recentes contra o Cancro da Mama e 86,5% disse desconhecer a existência de vários tipos de tumor.
 

 

Quanto aos tratamentos, a maioria das inquiridas nomeou apenas os tratamentos "tradicionais", como a Quimioterapia, Radioterapia ou a Cirurgia. No entanto, nas conclusões do estudo lê-se: “Os tratamentos mais recentes e dirigidos ao tumor, como os anticorpos monoclonais, não foram identificados espontaneamente de forma expressiva, sendo apenas reconhecidos por 34% das respondentes quando referidos directamente pelo entrevistador”.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.