Mudanças bruscas de temperatura aumentam risco de ataques cardíacos

Enfartes duplicam com menos quatro graus abaixo de zero

30 agosto 2004
  |  Partilhar:

As variações bruscas de temperatura aumentam o risco de enfarte do miocárdio, anunciaram esta semana especialistas franceses da Universidade de Dijon, no Congresso de Cardiologistas Europeus, em Munique.O estudo, realizado com base em 750 casos, revelou que o número de enfartes duplica quando as temperaturas baixam abruptamente para pelo menos quatro graus abaixo de zero. Além disso, o risco de sofrer um enfarte aumenta 62 por cento em pessoas com tensão alta quando a temperatura varia pelo menos cinco graus de um dia para o outro.Os médicos responsáveis pelo estudo sublinham que um dos factores determinantes para melhorar as possibilidades de tratamento, é o tempo que decorre entre o enfarte e a ida para o hospital. «Só 38 por cento dos pacientes que sofrem um enfarte procuram ajuda médica na primeira hora», frisou Nicolas Bett, da fundação australiana «National Heart».O factor tempo é particularmente importante porque, para conseguir um tratamento efectivo, é necessário abrir a artéria bloqueada o mais depressa possível, minimizando assim os danos nos órgãos internos.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.