Mortes por Doença das Vacas Loucas em humanos estão a aumentar anualmente no reino unido

Em Portugal, tal como no Reino Unido, o risco de contracção da Doença das Vacas Loucas parece ser mais elevado do que no resto do mundo.

16 agosto 2000
  |  Partilhar:

As mortes devidas à variante da doença de Creutzfeldt-Jakob- a forma humana da Doença das Vacas Loucas-, tem vindo a aumentar desde 1995, e novos casos da doença têm vindo a ser encontrados a um ritmo de 23% por ano, de acordo com fontes oficiais do Reino Unido, de acordo com a agência Reuters e como publicado na Revista Lancet (The Lancet 2000;356:481-482).
 

 

Até 30 de Junho de 2000, tinham já sido diagnosticados, entre humanos, 75 casos da doença no Reino Unido. 69 destas pessoas já morreram, 14 das quais este ano (tantas como durante todo o ano de 1999).
 

 

A maior parte dos casos ocorreram em adolescentes e adultos jovens, o que poderá estar relacionado com o consumo de de carne de vaca infectada com Doença das Vacas Loucas, também conhecida como BSE ("Bovine Spongiform Encephalopathy").
 

 

O facto de a doença estar a afectar especialmente os jovens poderá resultar da utilização, no início dos anos 80, de determinados métodos de processamento de alimentos. Nessa altura, as refeições pré-preparadas para bebés e crianças em idade escolar continham carne resultante de carcassas através de jactos de água de alta pressão. Este método poderá ter provocado a contaminação com material derivado da espinal medula, que é um tecido altamente infectante quando o animal está afectado com BSE.
 

 

O período de incubação da doença (desde a infecção até ao aperecimento dos primeiros sintomas) poderá ser de vários anos e não parece haver nada que possa ser feito para valer aqueles que já estão infectados.
 

 

É muito importante que o povo português esteja bem informado sobre este assunto porque, como divulga o Expresso (5 de Agosto, 2000), Portugal e Reino Unido são os países onde é maior o risco de contracção desta doença.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.