Mortes por cancro na Europa deverão diminuir este ano

Estudo publicado nos “Annals of Oncology”

15 fevereiro 2011
  |  Partilhar:

As mortes causadas por cancro na Europa deverão diminuir este ano cerca de 6%, no caso das mulheres, e 7%, no caso dos homens, revela um estudo publicado nos “Annals of Oncology” e citado pela agência Lusa.

 

O estudo, que teve por base dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre mortes causadas por cancro de 1970 a 2007, refere que em 2011 deverão morrer na Europa 1,3 milhões de pessoas devido a esta doença. As taxas de cancro são mais elevadas na Polónia e mais baixas em países como França, Alemanha e Itália.

 

O estudo adianta ainda que o número de mulheres que morrem na Europa por cancro do pulmão tem aumentado em todos os países, excepto no Reino Unido, onde a taxa estabilizou depois de uma década a aumentar. Na Polónia e no Reino Unido há mais mulheres a morrer de cancro do pulmão do que de cancro da mama. No entanto, nos homens, o número de casos de cancro de pulmão tem vindo baixar.

 

Segundo o oncologista Carlo La Vecchia, do Instituto Mário Negri e da Universidade de Milão (Itália), que conduziu o estudo, como a maioria das mulheres começou a fumar no final dos anos 1960, princípios dos anos 1970, o pico de cancro de pulmão entre as mulheres ainda não se registou.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.