Morte súbita mata 27 portugueses por dia

Dados da Associação Portuguesa de Arritmologia

15 fevereiro 2010
  |  Partilhar:

A morte súbita faz 27 vítimas por dia em Portugal e mata mais que o cancro, o acidente vascular cerebral (AVC) e o vírus da imunodeficiência humana (VIH) juntos, de acordo com dados da Associação Portuguesa de Arritmologia.

 

O presidente da Associação Portuguesa de Arritmologia, Pacing e Electrofisiologia (APAPE), João Primo, explicou à agência Lusa que, após terem tido em conta vários estudo científicos internacionais e ter sido feita uma extrapolação para a população portuguesa, se chegou à conclusão de que a morte súbita mata anualmente 10 mil portugueses.

 

Adicionalmente, 260 mil portugueses são hospitalizados por ano devido a insuficiência cardíaca, o que representa uma média de 712 internamentos diários.

 

De acordo com João Primo, esta patologia do foro cardíaco ocorre em indivíduos "aparentemente saudáveis" pelo que é necessário chamar a atenção para o facto de este ser um problema "subvalorizado", apesar de a sua taxa de mortalidade ser superior à do cancro da mama, cancro do pulmão, AVC e VIH juntos.

 

"A definição de morte súbita, e que gera estatísticas, é a morte súbita cardíaca e que geralmente ocorre dentro de uma hora relativamente ao início de sintomas, o que não quer dizer que não tivesse havido já sintomas anteriores", esclareceu João Primo à agência Lusa.

 

Contudo, a morte súbita também pode ser "perfeitamente assintomática" e ser a "primeira manifestação", embora na maior parte seja antecedida de sintomas discretos e muitas vezes desvalorizados.

 

A sintomatologia é variável mas geralmente consiste em dor no peito quando se exerce alguma força, palpitações rápidas ou perda súbita de consciência, com uma rápida recuperação. Como causas possíveis encontram-se o enfarte agudo do miocárdio, o colesterol elevado e a hipertensão. No entanto, há casos em que o coração é normal e o distúrbio é eléctrico, explicou o especialista.

 

João Primo aconselha a que as pessoas que apresentem este tipo de queixas, tal como dor ou sensação de desmaio, consultem de imediato o seu médico de família.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.