Morreu um dos animais clonados a partir de células com mais de 20 anos

Problemas de saúde levam à morte

09 abril 2003
  |  Partilhar:

Um dos dois exemplares do vitelo de «banteng» (variedade asiática ameaçada de extinção) clonados a partir das células de um macho que morreu em 1980 foi abatido terça-feira devido a problemas de saúde.
 

 

A empresa de investigações Advanced Cell Technology (ACT) tinha anunciado terça-feira, em comunicado, que os dois clones haviam nascido no dias 01 e 03 de Abril, no âmbito de um projecto entre a empresa, a Sociedade Zoológica de San Diego e o laboratório de tecnologia embrionária de Iowa.
 

No entanto, segundo Christina Simmons, porta-voz do Parque Zoológico de San Diego, um dos dois exemplares de «banteng» teve de ser sacrificado porque o seu estado de saúde tinha piorado até ao ponto de ser impossível salvá-lo. «Fez-se tudo o que era possível, mas não havia remédio», acrescentou.
 

 

O «banteng» é uma espécie típica das selvas do sudeste asiático e encontra-se em perigo de extinção. O comunicado da ACT indica que os «banteng» foram clonados a partir de células dérmicas que estavam congeladas no parque zoológico de San Diego, cujo ADN foi transferido para óvulos de vacas comuns. «Ao desenvolver esta tecnologia, temos esperança de ter aberto um caminho à manutenção da biodiversidade», disse o presidente de Desenvolvimento Médico e Científico da ACT, Robert Lanza.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.