Morreram as duas siamesas iranianas

Gémeas operadas em Singapura

07 julho 2003
  |  Partilhar:

As duas gémeas siamesas iranianas, de 29 anos, separadas terça-feira, morreram pouco depois de terminada a operação iniciada domingo de manhã, em Singapura, devido a complicações pós- operatórias.
 

 

As irmãs, Laleh e Ladan, que tinham um crânio comum, mas cérebros independentes.
 

 

Quando anunciou o falecimento de Ladan Bijani, ocorrido às 15:40 (08:40 em Lisboa), o porta-voz do Hospital de Raffles, explicou as duas gémeas perderam muito sangue durante a operação e que Laleh se encontrava em estado crítico . Pouco depois foi anunciada a morte de Laleh.
 

 

A operação para separar as siamesas iranianas, a primeira do género realizada em adultos, ficou marcada por algumas complicações ocorridas durante a retirada de massa craniana para dar passagem a um «by-pass» necessário à separação dos cérebros das irmãs.
 

 

Uma equipa médica na Alemanha recusou em 1996 realizar a operação por considerar demasiado arriscado, mas as irmãs não perderam a esperar de conseguir realizar o sonho.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.