Monitorizadas causas da mortalidade em Portugal

Ministérios da Saúde e Justiça vão criar novo sistema

13 março 2007
  |  Partilhar:

 

Os ministérios da Saúde e da Justiça vão criar um novo sistema de monitorização das causas de mortalidade que actualmente levam mais de um ano a serem conhecidas e impossibilitam saber, por exemplo, quantos mortos a Gripe causou este ano.
 

 

O anúncio foi feito pelo Director-Geral da Saúde, Francisco George, durante um encontro com a comunicação social sobre as medidas extraordinárias para responder ao acréscimo da procura dos serviços de urgência devido à Gripe.
 

 

Questionado sobre o número de mortos que a Gripe terá causado este Inverno (2006/2007), Francisco George disse que é impossível conhecer esse número. Os únicos números conhecidos sobre esta matéria são os genéricos que apontam para mil a 1.500 mortos por ano em Portugal, devido à Gripe.
 

 

O novo sistema vai envolver as conservatórias do registo civil e utilizará meios telemáticos, adiantou Francisco George.
 

 

Fontes: Diário de Notícias e Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.