Molécula CD6 solúvel combate eficazmente o choque séptico

Estudo do Hospital Clínico de Barcelona

26 junho 2007
  |  Partilhar:

 

A molécula CD6 dos linfócitos, que faz parte do sistema imunitário humano, pode combater o Choque Séptico e outras doenças inflamatórias de origem infecciosa, segundo um estudo coordenado pelo Hospital Clínico de Barcelona.
 

 

O trabalho, realizado com ratinhos que foram submetidos a um choque séptico (falência circulatória aguda de causa infecciosa), refere que os animais que foram tratados com esta molécula sobreviveram em 70% dos casos, enquanto os que não foram tratados morreram em 48 horas.
 

 

No estudo, da autoria de Maria-Rosa Sarrias e Montserrat Farnós, explica-se como a infusão de uma forma recombinante solúvel da molécula CD6 combate de maneira eficaz as consequências de um choque séptico nos ratinhos.
 

 

Os antibióticos não podem combater de maneira eficaz o choque séptico, porque não eliminam a toxina do sangue do paciente, nem controlam a resposta inflamatória que desencadeia. Os investigadores consideram que a molécula CD6 solúvel pode ser um novo tratamento, baseado nas biomoléculas do nosso próprio corpo.
 

 

Fontes: Lusa e Imprensa Internacional
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.