Modelo matemático avalia fluxo sanguíneo do paciente...

...e evita enjoo e desmaios

26 setembro 2005
  |  Partilhar:

 

 

Os diabéticos - que desenvolveram insuficiência renal e que se submetem regularmente a diálises - já não vão sofrer de enjoos ou desmaios durante esse procedimento, graças a um modelo matemático do fluxo sanguíneo do paciente, elaborado pela Universidade de Graz (Áustria).
 

 

Segundo disseram os investigadores à imprensa, o «stress estático» que acontece no corpo humano, por exemplo, uma mudança abrupta de posição e também como resultado de uma diálise ou de uma transfusão de sangue, é muito frequente e expressa-se com vertigem, enjoo ou até mesmo desmaio.
 

 

O modelo matemático elaborado pelos investigadores permite descrever minuciosamente o estado do organismo durante a diálise.
 

 

Franz Kappel, do Instituto de Matemática da Universidade de Graz e o especialista norte-americano em problemas respiratórios Jerry Batzel, desenvolveram um modelo global que inclui pormenores da circulação sanguínea, do coração e da respiração.
 

 

Segundo Kappel, há uma relação estreita entre a pressão sanguínea e o stress estático, que leva a uma queda da pressão do sangue e reduz o fluxo no cérebro. Isso pode provocar vertigens porque os mecanismos de controlo do corpo são muito lentos para se adaptarem a essas situações de stress.
 

 

Mas os cientistas estão agora em condições de calcular a velocidade com a qual as diálises podem ser feitas, sem que o paciente desmaie ou tenha outros problemas desse tipo.
 

 

Para isso, calculam o volume de sangue, a flexibilidade dos vasos sanguíneos e o rendimento do músculo cardíaco. Depois, estabelecem uma relação entre todos estes factores.
 

 

Segundo Batzel, com o modelo podem ser averiguados importantes dados sobre a respiração. Pode-se saber, por exemplo, a quantidade de dióxido de carbono do sangue e determinar o PH do plasma.
 

 

Segundo os cientistas, os hemodialisados não serão os únicos a beneficiar desta novidade, que também poderá ser empregada na medicina de transfusões e até mesmo, na luta contra a temida síndroma da morte súbita nos bebés.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.