Ministro da Saúde francês admite ter praticado eutanásia

Co-fundador dos Médicos Sem Fronteiras é a favor da legalização desta prática médica

25 julho 2001
  |  Partilhar:

O ministro da Saúde francês, Bernard Kouchner, reconheceu ter praticado morte assistida no Vietname e Líbano durante uma carreira polémica como médico e profissional voluntário. No entanto, Kouchner afirmou que pôr fim à vida de um doente é um "assunto delicado".
 

 

Em declarações estrondosas a uma revista holandesa, Kouchner, que foi co-fundador do grupo Médicos Sem Fronteiras(MSF), afirmou ser a favor da legalização da eutanásia. "Pratiquei a eutanásia diversas vezes. Quando via as pessoas a sofrer muito e sabia que iam acabar por morrer”.
 

 

O ministro da Saúde francês confidenciou à revista semanal Vrij Nederland ter praticado eutanásia durante as suas missões no Líbano e Vietname. “Quando se desliga a máquina, o doente morre e posso lhe dizer que isso funciona", acrescentou.
 

 

Kouchner afirmou ter administrado injecções, mas nunca comprimidos. “Injecções com muita morfina. Ainda consigo lembrar-me muito bem de algumas pessoas. Todos os médicos no mundo conhecem este tipo de doentes", acrescentou.
 

 

A entrevista foi ontem publicada e segundo a assessoria de imprensa do ministro francês, todas as declarações são verídicas. Enérgico e franco, Kouchner ganhou destaque ao liderar missões humanitárias durante duas décadas.
 

 

Em Abril, quando a Holanda se tornou o primeiro país a legalizar a prática da eutanásia, Kouchner disse que iria fazer pressão para que o mesmo acontecesse em França.
 

Kouchner voltou a integrar o governo francês em fevereiro após ter assumido um cargo como administrador da Organização das Nações Unidas (ONU) no Kosovo.
 

 

O actual ministro da Saúde francês iniciou a sua vida política na década de 1980, assumindo diversos cargos de gabinete e tornou-se celebridade na França.
 

 

Adaptado por: Paula Pedro Martins
 

 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.