Ministro da Saúde encerra pediatria do hospital de Guimarães

Morte de 5 crianças motiva o fecho

14 abril 2003
  |  Partilhar:

O ministro da Saúde decidiu encerrar o serviço de pediatria do Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães, após a morte de cinco crianças, e transferir de imediato as internadas para os hospitais circundantes.
 

 

A «medida cautelar» tomada por Luís Filipe Pereira teve por base um despacho nesse sentido do Alto Comissário e director- geral da Saúde, José Pereira Miguel, e é justificada com a «suspeita de infecção de transmissão hospitalar».
 

 

Trata-se de uma medida de «precaução em matéria de risco para a saúde pública», de acordo com uma nota à imprensa divulgada pelo Ministério da Saúde.
 

 

A decisão surge depois da morte de uma menina de dois anos, no domingo, no Hospital de S. João, no Porto, alegadamente vítima de pneumonia depois de ter estado internada no Hospital de Guimarães.
 

 

Um relatório da Inspecção-Geral de Saúde de 2002 pôs em causa o controlo das infecções feito pelo Hospital Senhora da Oliveira, onde recentemente morreram quatro crianças, entre um mês e três anos de idade, devido a um vírus.
 

 

Antes de ser conhecida a decisão da tutela, o Conselho de Administração do Hospital da Senhora da Oliveira admitiu que a morte das cinco crianças - vítimas de pneumonia - pode ter sido originada por causas externas à unidade hospitalar.
 

 

Para os responsáveis, as mortes terão sido provocadas por
 

um vírus espalhado pela região do Ave, uma vez que as vítimas eram residentes em locais tão diversos como Guimarães, Vizela e Póvoa de Lanhoso.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.