Ministro da Saúde alemão considera contraditórios argumentos da Bayer
17 agosto 2001
  |  Partilhar:

O ministro alemão da Saúde considera contraditórios os argumentos utilizados pela empresa Bayer no caso do atraso da divulgação de informação sobre os riscos do medicamento anti-colestrol Lipobay.
 

 

A Bayer distribuiu o Lipobay gratuitamente no âmbito do programa-teste, pouco antes de retirá-lo do mercado por suspeita de ter provocado a morte de 52 pessoas e conhecendo já os riscos.
 

 

O ministro alemão acusou ontem a Bayer de ter ocultado um relatório onde se constatavam os riscos do principal componente activo do Lipobay e de utilizar argumentos contraditórios sobre o momento em que facultou às autoridades os resultados do estudo sobre o medicamento.
 

 

Por um lado, a Bayer alega que mostrou os primeiros dados ao Instituto alemão do Medicamento em finais de Abril, mas, por outro lado, diz que ficou acordado com as autoridades europeias facultar indicações do prospecto do Lipobay em Junho.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.