Ministra da Saúde afasta hipótese de ficar na pasta mais de quatro anos
04 abril 2001
  |  Partilhar:

A ministra da Saúde, Manuela Arcanjo, assegurou hoje que quatro anos na pasta é “suficiente”, afastando a hipótese de ficar no cargo por mais tempo.
 

 

Manuela Arcanjo considera que tem feito “um bom trabalho”, mas afirma que se ficasse no cargo oito anos acabaria “perfeitamente entrevadinha”.
 

 

A ministra falava no auditório do Hospital Pediátrico de Coimbra, onde assinou a adjudicação do projecto de novas instalações e a expropriação legal de alguns terrenos necessários para a sua construção.
 

 

Manuela Arcanjo garantiu tudo fazer para que o financiamento não seja obstáculo ao projecto, que deverá estar concluído em Maio de 2002, para a obra, com início em Outubro, estar pronta em 2004.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.