Milhões precisam de «um lugar a que chamar lar»

Alerta da ONU

22 junho 2004
  |  Partilhar:

Pelo menos 17 milhões de pessoas no mundo dependem da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) para encontrar «um lugar a que chamar lar», alertou no fim-de-semana o secretário- geral da ONU, Kofi Annan.Numa mensagem alusiva ao Dia Internacional dos Refugiados, que se comemora domingo, e que este ano tem como tema «Um lugar a que chamar lar», Kofi Annan insistiu na necessidade da comunidade internacional reafirmar o seu empenho no apoio a esta missão de ajudar os milhões de refugiados e deslocados do mundo.«Para milhões de refugiados e deslocados internos no mundo inteiro, o lar é um lugar de onde tiveram de fugir para escapar à morte (...) e um lugar que muitos deles não têm menor esperança de ver de novo», pelo que a comunidade internacional deve «dar provas da sua generosidade e conceder-lhes um apoio constante», salientou Kofi Annan.Segundo os últimos números divulgados na página oficial do ACNUR na Internet, relativos ao princípio do ano de 2003, 20,6 milhões de pessoas (um em cada 300 habitantes do mundo) estava sobre protecção da ONU. Desse número, aproximadamente 3,6 milhões regressaram a suas casas.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.