Milhões de crianças não estão convenientemente amamentadas

OMS lança o alerta

06 julho 2004
  |  Partilhar:

Milhões de crianças estão em risco por não estarem a ser convenientemente amamentadas, revela esta segunda-feira a Organização Mundial de Saúde (OMS), com base num estudo realizado em 94 países em desenvolvimento. Com base na certeza de que o leite materno beneficia em larga escala a saúde dos bebés, a OMS tem vindo a aconselhar que crianças até aos seis meses sejam exclusivamente amamentadas. O leite materno reforça o sistema imunitário dos recém-nascidos, e protege-os de doenças graves como a pneumonia. A organização salienta ainda, que é cada vez mais evidente que a amamentação pode reduzir o risco das mulheres com VIH contaminarem os seus filhos. Contudo, o estudo refere que esta mensagem não está a ser compreendida pelas mulheres dos países sub-desenvolvidos. A OMS alerta para o facto da «falha entre a prática da amamentação e as recomendações estar a aumentar», e aconselha que seja dada «mais atenção à amamentação, sobretudo à exclusiva». Fonte: Diário Digital

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar