Microcomputador biomolecular na luta contra o cancro

Descoberta apresentada em Bruxelas

02 maio 2004
  |  Partilhar:

Uma equipa de cientistas do Instituto Weizman, de Rehovot, Israel, apresentou no simpósio «Life, a Nobel Story,» na passada semana, em Bruxelas, um computador biomolecular, programado, pela primeira vez, para diagnosticar e medicamentar doenças cancerosas.A primeira versão, não programada do computador, composto inteiramente por moléculas biológicas, foi considerado em 2003 pelo «Guinness Book of World Records», como o mais pequeno computador do mundo.Uma gota (um microlitro) de sal em solução aquosa contém três biliões (milhões de milhões) de microcomputadores de ADN, que podem efectuar 60 mil milhões de operações por segundo. O protótipo, agora apresentado por Ehud Shapiro e a sua equipa de cientistas, foi programado para identificar, num tubo de ensaio, mudanças no equilíbrio das moléculas no corpo, como indicativo da presença de certos tipos de cancro.Diagnosticado este, o programa liberta de seguida uma molécula química que combate esse tipo específico de cancro, forçando a célula afectada a «suicidar-se».Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.