Microbicida vaginal traz dados promissores contra o HIV

Estudo apresentado na revista AIDS

04 abril 2006
  |  Partilhar:

 

O Tenofovir em gel é seguro e bem tolerado quando usado como gel vaginal na prevenção da transmissão do HIV, refere uma investigação da Brown University, EUA, publicado na revista AIDS.
 

 

No estudo agora apresentado, Kenneth H. Mayer, líder da equipa de investigadores, avaliou a tolerabilidade e segurança do gel em mulheres HIV negativas e positivas e seus parceiros sexuais.
 

 

Das 84 mulheres que participaram no ensaio, a maioria apontou, pelo menos, um efeito secundário ligeiro. Os efeitos secundários específicos não estavam relacionados com a concentração do gel, a actividade sexual ou o estado da infecção.
 

 

Pouco mais de metade das mulheres tiveram níveis baixos, mas detectáveis, do fármaco no sangue em várias alturas das colheitas para dosagem. As doses orais na exposição sistémica são 10 vezes superiores aos níveis encontrados neste estudo.
 

 

Cerca de 12 mulheres com níveis de HIV detectáveis no sangue não tiveram mutantes resistentes detectáveis após a exposição ao Tenofovir gel.
 

 

Das participantes do estudo, 94% referiram que usariam definitivamente o gel, se o mesmo as protegesse da transmissão do vírus. Dos seus parceiros sexuais, 81% disseram que o usariam em circunstâncias idênticas.
 

 

Uma dose dupla usada duas vezes por dia foi tão bem tolerada como uma dose mais baixa uma vez por dia.
 

Tendo em vista os resultados positivos, os investigadores disseram que um novo ensaio com o gel efectuar-se-á em mulheres em risco das zonas de Pune, Índia e Nova-Iorque. Este ensaio poderá suportar novos estudos de eficácia deste promissor microbicida tópico.
 

 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.