Metformina e vitamina D3 podem prevenir cancro colorretal

Estudo publicado na “Cancer Prevention Research”

30 março 2015
  |  Partilhar:

A combinação de metformina e de vitamina D3 é muito promissora no controlo e prevenção do cancro colorretal em ratos, atesta um novo estudo.


Investigadores da Universidade Case Western Reserve, EUA, em colaboração com a Universidade de Lanzhou, China, conseguiram demonstrar que a combinação dos dois compostos produziu resultados dramaticamente melhores do que cada um deles isoladamente. Adicionalmente, foi apenas necessária uma dosagem baixa daqueles compostos para produzir resultados, o que significa que os efeitos secundários advindos de dosagens elevadas deixam de ser uma preocupação.


Na Universidade de Lanzhou foram levados a cabo ensaios sobre 110 ratos e 125 ratinhos. Os ratos foram quimicamente induzidos para desenvolverem uma predisposição para desenvolver neoplasia (células pré-cancerígenas) do cólon. Os ratinhos foram quimicamente induzidos a desenvolver colite, uma inflamação do cólon que pode conduzir à neoplasia.


Alguns dos grupos de roedores receberam doses variadas de metformina com vitamina D3 e outros grupos receberam isoladamente metformina ou vitamina D3. Os grupos de controlo ou não receberam nada ou receberam celecoxib um fármaco anti-inflamatório não esteroide como controlo positivo. O período de tratamento foi de 18 semanas para as ratazanas e de 20 semanas para os ratinhos.


Foram observadas poucas neoplasias do cólon nos roedores que receberam a combinação de metformina e de vitamina D3. De uma forma geral foi apurado um decréscimo em pólipos em todos os animais que receberam a combinação daqueles fármacos, comparativamente aos grupos de controlo.


Na generalidade, os ratos tratadas com a combinação de metformina e de vitamina D3 ou um dos compostos isoladamente desenvolveram menos tumores do que os grupos de controlo. No entanto, a combinação dos dois compostos revelou ter sido a mais eficaz na inibição do crescimento tumoral nos animais. Nos ratinhos, os números de tumores foram muito menores nos que tinham recebido a combinação de metformina e vitamina D3 e ainda mais reduzidos nos que tinham sido tratados apenas com vitamina D3.


“Demonstrámos que a metformina e a vitamina D3 realmente funcionam juntas”, afirma o investigador Li Li, da universidade norte-americana. “Se juntarmos as duas, são claramente muito mais potentes na prevenção da neoplasia do cólon do que se tomarmos apenas uma. A dose média também significa que não é necessário tomar enormes quantidades para termos um efeito de prevenção do cancro. Se os resultados nos modelos animais se traduzirem nos humanos, estaremos perante um achado significativo em relação à prevenção do cancro colorretal”, continua.


Se a combinação dos fármacos em humanos se revelar bem-sucedida, a mesma poderá eventualmente ser prescrita a indivíduos com um forte historial familiar de cancro do cólon ou que apresentem os principais fatores de risco para a doença.


ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.