Metade dos hipertensos desconhece ter a doença

Compilação de estudos realizada pela cardiologia Mário Espiga de Macedo

06 abril 2011
  |  Partilhar:

Cerca de quatro em cada 10 portugueses adultos são hipertensos, mas mais de metade desconhece que tem a doença e só 12% a tem sobre controlo, segundo uma compilação de estudos realizada pela cardiologia Mário Espiga de Macedo e apresentada no livro “Prevalência, Tratamento e Controlo da Hipertensão”. Trata-se da análise “mais completa e representativa” deste problema de saúde.

 

Em entrevista à agência Lusa, o autor lembrou que a hipertensão é um dos factores mais relevantes para os acidentes vasculares cerebrais (AVC), responsáveis por 25 mil internamentos por ano. Os dados agora divulgados, que incluem uma análise ao Continente e Regiões Autónomas, indicam que 42% da população portuguesa adulta é hipertensa. “É uma percentagem elevada, mas não muito distante do que se passa em países como Inglaterra, Alemanha ou Espanha”, referiu o autor à agência Lusa.

 

Mas o desconhecimento da doença é muito superior em Portugal do que na generalidade dos países europeus, com 60% dos portugueses a não saber que tem a doença. Já o nível de tratamento e controlo é “extremamente baixo”. Só 39% dos hipertensos estão tratados e 12% controlados, o que o autor do livro considera como “muito maus resultados”.

 

A análise permitiu perceber que os Açores têm um comportamento muito melhor do que no Continente ou na Madeira. O arquipélago açoriano tem uma prevalência semelhante à nacional, mas o nível de tratamento e de controlo são muito mais elevados, próximos dos 60 e 35%, respectivamente. Uma das explicações para o caso dos Açores, segundo Espiga de Macedo, pode ser a maior proximidade que há com o médico e com os serviços de saúde, que ajuda no controlo da hipertensão.

 

No livro é ainda feita uma fragmentação da amostra total em faixas etárias e concluiu-se que a prevalência da tensão alta nas pessoas com menos de 35 anos é já de 20%, o que é “extremamente preocupante”, de acordo com o autor.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.