Metade das crianças nascidas desde 2000 chegará aos 100 anos

Estudo publicado na “Lancet”

07 outubro 2009
  |  Partilhar:

Mais de metade das crianças nascidas no século XXI nos países desenvolvidos ultrapassará a barreira dos 100 anos se se continuar a verificar o aumento da esperança de vida, revela um estudo publicado na revista científica "Lancet".

 

O estudo, realizado pelo Centro de Investigação do Envelhecimento, na Universidade da Dinamarca do Sul, analisou dados de 30 países que mostram que a esperança de vida tem vindo a aumentar desde 1840 e que não há sinais de inversão dessa tendência.

 

De acordo com o estudo, em 1950, a probabilidade de se viver até aos 80 ou 90 anos era de 15% para as mulheres e de 12% para os homens. Em 2002, esses números aumentaram para 37% e 25%, respectivamente.

 

"Se a esperança de vida estivesse a chegar a um limite, provavelmente ocorreria alguma desaceleração do progresso ", explicou à BBC, Kaare Christensen, líder da equipa de investigadores.

 

Além de viveram mais, os dados também sugerem que as pessoas nascidas nos países desenvolvidos a partir de 2000 também viverão melhor, com menos problemas de saúde. De acordo com o estudo, entre 30% a 40% das pessoas com idades entre os 92 e os cem anos são independentes.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentar

DEMAIS !!!!!!!!

Ótimo, pois eu nasci em 2000 !!!!!!!!!!!

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.