Mesmos neurónios tratam informação diferente

Estudo publicado na revista “Nature Neuroscience”

12 novembro 2014
  |  Partilhar:

Os mesmos neurónios da mesma região do cérebro estão envolvidos em várias tarefas associadas à tomada de decisões, dá conta um estudo que contou com a participação do português David Raposo e que foi publicado na revista “Nature Neuroscience”.
 

A região cerebral analisada foi o córtex parietal posterior que está envolvido em múltiplas tarefas cognitivas, como a tomada de decisões. Os investigadores questionaram-se se eram grupos especializados de neurónios que estavam dedicados a distintas tarefas, ou se eram muitos neurónios, no seu conjunto, a contribuírem para a realização dessas tarefas.
 

O estudante do Programa Internacional de Doutoramento da Fundação Champalimaud, David Raposo disse à agência Lusa que a equipa verificou que "uma única rede de neurónios" está "envolvida em várias etapas de processos cognitivos complexos, como a tomada de decisões".
 

Na escolha de um restaurante para jantar, exemplificou, não só se avalia a qualidade da comida, mas também o seu preço. Estas avaliações distintas, que se fazem para se decidir onde se vai jantar, ocorrem porque uma grande série de neurónios do córtex parietal posterior "contém, em conjunto, informação suficiente para a realização de mais do que uma tarefa em simultâneo", acrescentou.

 

Na experiência com ratinhos, a equipa de David Raposo sujeitou os roedores a responderem, diversas vezes por dia, a uma sequência variável de "flashes" de luz e tons sonoros, e registou a atividade dos neurónios no córtex parietal posterior.
 

O investigador adiantou que a equipa propõe-se fazer, em colaboração com médicos e outros cientistas norte-americanos, testes semelhantes com voluntários humanos.
 

"O nosso objetivo é o de que um dia possamos aplicar estes conhecimentos em casos clínicos para, por exemplo, sabermos como restabelecer o normal funcionamento do cérebro em pacientes com perdas de capacidades cognitivas", conclui David Raposo, que trabalha no Cold Spring Harbor Laboratory, em Nova Iorque.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.