Menos dinheiro para centros de saúde

Governo anuncia abrandamento nos gastos

17 junho 2003
  |  Partilhar:

O ministro da Saúde anunciou terça-feira um abrandamento nos gastos com os centros de saúde, que nos primeiros quatro meses deste ano subiram dois por cento, comparativamente a 2002, quando cresceram 8,4 por cento em relação a 2001.
 

 

Para Luís Filipe Pereira, o atenuar dos gastos do Estado com os centros de Saúde fica a dever-se a alterações organizativas e de procedimento que o Ministério da Saúde tem feito e que permitem, entre outros aspectos, reduzir o número de horas extraordinárias efectuadas pelos profissionais que aí exercem.
 

 

Segundo os números do Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde, que o ministro forneceu aos jornalistas, os centros de saúde e as cinco administrações regionais de saúde (ARS) registaram, até Abril de 2003, uma despesa de 983.022.670 euros.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.