Menos baixas por doença em 2004

Auditoria feita pelo Tribunal de Contas

10 agosto 2005
  |  Partilhar:

 

 

Na «Auditoria aos sistemas de atribuição e controlo de prestações por doença», feita pelo Tribunal de Contas (TC) e divulgada quarta-feira, o número de baixas por doença diminuiu, entre 2002/ /2004, período durante o qual a atribuição de prestações a beneficiários estrangeiros registou um aumento significativo.
 

 

De acordo com o documento, depois do aumento de 1,16% nas baixas, de 2002 para 2003, verificou-se, no ano passado, uma diminuição ligeira (0,15%).
 

Deste modo, em 2004, havia menos 23 576 pessoas a receber prestações por doença da Segurança Social.
 

Lisboa e Porto são os distritos com maior número de baixas processadas, sendo que no extremo oposto surgem Beja, Bragança e Portalegre que não chegam a atingir 1% do total das prestações atribuídas.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.