Meningite ataca em Coimbra
15 fevereiro 2002
  |  Partilhar:

Das sete crianças com meningite que nas últimas semanas foram internadas no Hospital Pediátrico de Coimbra (HPC) duas morreram, disse ontem o director clínico, Luís Januário, que apontou um aumento de casos desta doença.
 

 

Há ainda a registar um terceiro caso, de contornos semelhantes, que vitimou um bebé de Vila Franca de Xira também naquela unidade hospitalar. Os médicos ainda não falam de "surto" mas, admitem tratar-se de uma situação "fora do comum".
 

 

Em comunicado divulgado, o director clínico do HPC revela que "nas últimas três semanas foram internadas sete crianças com o diagnóstico de doença invasiva meningocócica".
 

 

O documento adianta que "faleceram duas destas crianças, ambas com menos de dois anos de idade, que eram naturais de Mortágua e de Seia". Neste último caso, trata-se de uma menina de 18 meses, que frequentava uma creche e, faleceu na terça-feira.
 

 

Segundo o clínico há um "número ligeiramente superior ao normal de casos de meningite, a maior parte provocada por meningococos. Isto passa-se num momento em que foram divulgados dados que permitem saber que 50 por cento dos casos de meningite têm prevenção através de vacina". A conjugação destes dois factores "leva-nos a pensar que está indicada neste momento a vacinação das crianças, sabendo-se no entanto que essa vacina cobre apenas metade dos serotipos responsáveis pela doença", defendeu Luís Januário.
 

 

Ver mais em: Correio da Manhã
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.