Mendicidade está a crescer entre jovens

Situação é preocupante, segundo IAC

25 novembro 2004
  |  Partilhar:

 A mendicidade entre os jovens está a aumentar. A prová-lo está o «preocupante» acréscimo do número de chamadas recebidas este ano pelo Instituto de Apoio à Criança (IAC), através da Linha SOS Criança: 750 dos pedidos de apoio (20 por cento do total) denuciavam estes casos . Em 2003, o mesmo tipo de denúncias levou apenas a 103 telefonemas.  O alerta foi lançado esta semana pelo IAC na reunião com a Comissão Parlamentar de Trabalho e dos Assuntos Sociais, no âmbito da comemoração dos 15 anos da Convenção Sobre os Direitos das Crianças. Um encontro em que não participou ninguém da Comissão Nacional de Protecção de Crianças e Jovens em Risco.De acordo um estudo recente conduzido pelo IAC identificou, só em Lisboa, 61 locais de mendicidade infantil, atingindo 66 crianças. Destas, 28 tinham menos de um ano e 14 possuíam idades entre os dois e os três anos. A maioria são filhos de imigrantes de Leste da Europa, o que implica problemas ao nível da actuação. A nível da delinquência juvenil, a presidente do Instituto de Reinserção Social (IRS), Maria Clara Albino, lembrou que metade destes jovens vivem só com um progenitor e apenas 30 por cento mora com ambos os pais. Paradoxalmente, cerca de 55 por cento destes jovens com problemas do foro judicial residiam em agregados familiares compostos por quatro ou mais pessoas. Um cenário que explica, em parte, o «profundo défice de sociabilização» dos menores e exige «maior interacção com a família».Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.