Medusa artificial mimetiza batimento do coração

Estudo publicado na “Nature Biotechnology”

26 julho 2012
  |  Partilhar:

Investigadores americanos desenvolvem uma medusa artificial que, segundo o estudo publicado na revista “Nature Biotechnology”, poderá aprofundar o conhecimento da engenharia dos tecidos musculares humanos, nomeadamente os cardíacos.
 

A movimentação da medusa, que consiste no uso de um músculo para sucessivos impulsos na água, quase semelhante aos batimentos de um coração, foi o aspeto que despertou a curiosidade dos especialistas.
 

“Ocorreu-me em 2007 que poderíamos estar a falhar na compreensão das leis fundamentais dos tecidos musculares”, afirmou Kevin Kit Parker, professor de bioengenharia da Harvard School of Engineering and Applied Sciences.
 

“Comecei a observar os organismos marinhos que utilizam músculos para sobreviver. Na altura, vi uma medusa no New England Aquarium e imediatamente observei as semelhanças e as diferenças da ação de uma medusa e de um coração humano”, reforçou o especialista.
 

Assim, para este projeto apelidado de “Medusoid” os investigadores começaram por estudar os mecanismos de propulsão utilizados pela medusa antes de criar a versão artificial. Posteriormente foram utilizadas células cardíacas de ratinho e um polímero de silicone que foram colocados numa membrana que se assemelhava a uma medusa, com oito apêndices.
 

A Medusoide foi colocada em água salgada e submetida a choques elétricos para promover as contrações típicas das medusas que as fazem movimentar. Os investigadores ficaram surpresos com os movimentos da Medusoide, que imitavam os da medusa.
 

De acordo com os autores do estudo este tipo de estratégia poderá ser utilizado para compreender a engenharia dos músculos humanos, entre os quais o músculo cardíaco.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.