Medo de cancro na Escola André Soares de Braga
20 outubro 2001
  |  Partilhar:

Os 1.400 alunos Escola André Soares de Braga deixarão de frequentar as aulas de ginástica por recearem que a placa de fibrocimento com amianto do ginásio lhes provoque o cancro, disse à Agência Lusa fonte da Associação de Pais.
 

 

A proposta partiu dos encarregados de educação e foi analisada pela Associação de Pais numa reunião realizada ontem nas instalações da Escola e para a qual foi feita uma convocatória geral, atendendo à gravidade do problema e à ausência de respostas por parte do Instituto Ricardo Jorge, que fez análises no local mas ainda não divulgou as conclusões finais.
 

 

Os responsáveis da Escola Básica 2 e 3, situada em pleno centro de Braga e uma das mais procuradas da cidade, temem que a origem do cancro contraído por um professor, e de vários outras suspeitas em casos idênticos mais antigos, esteja na presença de amianto nas placas de fibrocimento do ginásio desportivo.
 

 

Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.