Médicos voluntários dão consultas gratuitas em Bragança

Iniciativa pretende alargar-se ao resto do território nacional

05 maio 2015
  |  Partilhar:
Um grupo de médicos especialistas encontra-se a dar consultas gratuitas no interior do distrito de Bragança para que os cidadãos não tenham de se deslocar aos hospitais dos centros urbanos, revela a agência Lusa.
 
António Massa, presidente da Sociedade Portuguesa de Dermatologia, é um dos mentores deste projeto que tem disponibilizado consultas de diferentes especialidades, entre elas dermatologia, cirurgia, urologia, ginecologia, ortopedia e pneumologia.
 
“Fazemos cirurgias e outros tratamentos e resolvemos alguns problemas de saúde a uma população muito envelhecida como é a das zonas interiores do país e que de outra forma teriam dificuldade em se tratar”, revela o especialista à Lusa.
 
“Só numa manhã e no centro de saúde de Mogadouro foram vistas pelos oito médicos 86 pessoas”, disse.
 
José Carlos Noronha, médico ortopedista refere as lesões degenerativas como a principal causa de incapacidade das pessoas mais velhas. 
 
“Nestas zonas desfavorecidas do interior, as artroses são o principal problema com que me deparo”, acrescentou.
 
Embora o projeto se encontre atualmente em Freixo de Espada à Cinta, o objetivo é alargá-lo a outras zonas do país até ao próximo outono.
 
Uma das utentes, Eugénia Baltazar, em declarações à Lusa, considera tratar-se de “uma grande iniciativa, já que não temos grandes oportunidades de nos deslocar ao Porto, e depois somos encaminhados para os respetivos médicos de família”.
 
Francisco Guimarães, presidente da câmara de Mogadouro, refere que as despesas com as deslocações dos médicos são mínimas e que os resultados são garantidos.
 
“Qualquer pessoa fica agradada quando médicos deste gabarito se deslocam às nossas terras para fazerem um trabalho meritório e de forma gratuita”, acrescentou.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.